//Credenciamento para comércio ambulante vai até a próxima segunda-feira

Credenciamento para comércio ambulante vai até a próxima segunda-feira

Há quem ganhe dinheiro extra durante a Festa Nacional do Pinhão, seja com hospedagens, venda de pinhão, produtos artesanais ou comercialização de bebidas e comidas na parte externa do Parque de Exposições Conta Dinheiro. Porém, quem está se planejando para este tipo de comércio deve ficar atento às mudanças.

Neste ano, está expressamente proibida a venda de qualquer produto em frente ao parque, na Avenida Luís de Camões. A Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, por orientação da Polícia Militar, liberou a instalação dos pontos fixos apenas na Rua Paulo Alves de Liz, ao lado do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV/Udesc).

Além disso, são apenas 10 vagas para a venda de pipoca, cachorro quente, hambúrguer, pratos à base de pinhão e outros lanches, churros, espetinho, crepe e bebidas não alcoólicas. Não haverá comércio ambulante dentro e fora do Parque de Exposições Conta Dinheiro. Apenas no Recanto do Pinhão, no Calçadão da Praça João Costa, Centro da cidade de Lages.

O edital para credenciamento para o comércio ambulante abriu no dia 2 de maio e encerra na próxima segunda-feira (14). Para se inscrever, os interessados deverão entregar seus documentos juntamente com a Ficha de Inscrição Preenchida, na Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, que fica na Rua Germiniano Cordeiro, no Bairro Coral, próximo à Avenida Primeiro de Maio. O horário de recebimento das inscrições é entre 8h às 11h e das 14h às 17h.

Licença

A autorização terá validade apenas para a 30ª Festa Nacional do Pinhão. É de responsabilidade do requerente o comparecimento à Gerência de Fiscalização da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente para a retirada do crachá e autorização, que será disponibilizado nos dias 17 e 18/05/2018, das 8h às 11h e das 14h às 17 h. A secretaria fornecerá ponto de água com pia coletiva para lavagem de utensílios e esgotamento sanitário, bem como pontos de luz para os pontos fixos da Rua Paulo Alves de Liz.

Resíduos

Os comerciantes devem ter sacos plásticos para o acondicionamento de seus resíduos (lixo). Deverão fazer a devida separação dos resíduos, e dispor em vasilhame apropriado, em ponto adequado para coleta. É proibido o despejo de águas servidas diretamente no meio ambiente, devendo utilizar a estrutura do local. Outra exigência é manter o local do ponto devidamente limpo e organizado para ser utilizado no próximo dia.